Pinceis: saiba como escolher o tipo certo e os cuidados necessários com cada um
Dicas

Pinceis: saiba como escolher o tipo certo e os cuidados necessários com cada um

Publicado em 22 de outubro de 2018

Está pensando em começar aquela pintura de final de ano? Então se liga nas dicas importantes sobre o item companheiro que vai te ajudar nisso.

Para cada tipo de pintura, existe um pincel específico.  Nada de querer aproveitar um pincel para várias superfícies diferentes. Uma pintura de parede requer uma trincha – que é o nome correto do pincel utilizado em obras – diferente daquela destinada para madeira. O primeiro item a se observar são suas cerdas.  As trinchas fabricadas com cerdas de origem animal são recomendadas para uso geral, em tintas acrílicas de base aquosa ou solúvel. Já as de origem sintética são melhores para pinturas com esmaltes, vernizes acrílicos ou látex. Veja os tipos detalhadamente:

Cerdas pretas:
Esse tipo de pincel é o mais indicado para pintura de detalhes, dar acabamentos e melhor cobertura de superfícies. Ideal para esmaltes sintéticos, óleos, vernizes e zarcão. Proporciona ótimos resultados em alvenaria, madeira e metais.

 

Cerdas gris: os pinceis de cerdas gris ou “grisalhas” são próprios para aplicação de tintas látex, PVA e acrílica a base de água. Mas, também pode ser usada com tintas a base de solventes em qualquer tipo de superfície. Melhor para aplicação em detalhes, acabamentos ou coberturas de superfícies.

 

Cerdas brancas: usadas para utilizar com verniz e resinas sintéticas. Pode ser utilizado em todos os tipos de superfícies, para a pintura de detalhes como: recortes, retoques, vincos e cantos.

 

Broxas: as broxas são aqueles pinceis grandes. Servem para tinta à base de cal ou de cimento, que devido à textura, não podem ser aplicados com trinchas e rolos.

 

Rolos: os rolos de pelos altos seguram mais tinta e por isso, rendem mais. São mais indicados para tintas à base de água, para superfícies ásperas, absorventes ou rugosas. Já os de pelo baixo permitem um resultado final melhor e podem ser usados em tintas à base de solventes. Esses modelos respingam menos que os de pelos altos. Para o uso de látex, o mais recomendado é o rolo largo e de pelos longos. Os principais tipos de rolos para pintura são: lã de pelo curto, indicado para aplicação de tintas à base de epóxi e látex; lã de carneiro ou sintética, indicado para aplicação de tintas à base de água, como látex PVA e acrílico; espuma poliéster, para aplicação de esmaltes, vernizes e tintas a óleo.

 

Cuidados com os pinceis
Para prolongar a vida útil dos seus pinceis, alguns cuidados relacionados à limpeza são fundamentais, como lavá-los imediatamente ao uso. Para retirar tinta a base de látex, utilize água até que ele fique completamente limpo. Se a tinta for à base de solvente, lave com mesmo solvente usado na diluição. Depois de efetuada toda a limpeza, todos os pinceis e rolos devem ser secos com pano macio e guardado em local arejado. 😉

 

Compartilhe esta matéria:

Central de atendimento

82 4009 2292 Segunda a sábado de 08h às 20h
Domingos e feriados de 08h às 18h

ACESSE O WEBMAIL CARAJÁS

Acessar

FORMAS DE PAGAMENTO

Razão Social: CARAJÁS MATERIAL DE CONSTRUÇÃO LTDA - ( MATRIZ )

CNPJ: 03.656.804/0001-31

Endereço: Avenida Durval de Goes Monteiro 1896, Tabuleiro dos Martins, Maceió – AL CEP 57061-000

Agência E-Can