TopBarBannerDesk
TopBarBannerMobile
Você esta em:

Carrinho

A iluminação é, sem dúvidas, um dos aspectos mais importantes que devem ser levados em consideração na hora de construir, reformar ou decorar sua casa. E, quando se fala em iluminação, é quase impossível não pensar em lâmpadas.

Lâmpadas fluorescentes podem ser usadas em áreas externas, como jardins, fachadas e varandas. Lâmpadas halógenas também são comuns e contam com luz amarelada, forte e intensa.

Se você quer dar uma cara nova ao ambiente, invista em lâmpadas de LED coloridas. A iluminação de LED tem excelente vida útil e baixo consumo de energia. Mas a iluminação de um lar ou estabelecimento comercial vai muito além de lâmpadas. As luminárias, por exemplo, são imprescindíveis em qualquer espaço e também atuam como objetos decorativos.

De uma maneira geral, elas podem ser definidas como qualquer dispositivo que regula a distribuição de luz. Spots são luminárias que podem ser empregadas em áreas internas e áreas externas. Eles podem ser de embutir ou de sobrepor.

Os spots mais comuns são quadrados e geralmente ficam embutidos em sancas de gesso e móveis planejados, mas também existe o spot de trilho, que é tão versátil que possibilita a movimentação da luz conforme a sua necessidade. Se você não abre mão de elegância e sofisticação, lustres e pendentes são a escolha ideal. Eles podem ter diferentes estilos: clássicos, rústicos ou industriais.

O pendente geralmente utiliza uma corrente, cabo ou fio para sustentar a estrutura da iluminação. Essa luminária é bastante requisitada em salas de jantar, quartos e cozinhas, e pode ser fabricada a partir de metal, madeira, vidro, plástico, cristal, cobre ou até mesmo tecido. O lustre também traz imponência ao ambiente, mas, antes de escolher o seu, preste atenção à dimensão que deve ser proporcional ao tamanho do espaço.

Se você busca uma luminária para fixar na parede, arandelas são ideais. Elas geralmente são utilizadas como luz secundária em salas, escadas, painéis de TV e portas. Em quartos, elas decoram o ambiente próximo às cabeceiras, penteadeiras e espelhos substituindo a iluminação centralizada. Em banheiros, a arandela valoriza detalhes dos revestimentos, como azulejos e pastilhas.

E o que dizer dos abajures? Grandes, pequenos, com cúpulas coloridas ou neutras. Não importa. Eles estão presentes em quase todos os lares brasileiros e são compostos por diversos materiais: náilon, metal, fibra, tecido etc. Também tem abajures sensíveis ao toque, abajures de chão para serem colocados diretamente no piso, e aqueles que você puxa ligando uma cordinha.

Não menos importante, a iluminação da sua casa também estará garantida com plafons. Uma vantagem desse tipo de produto é que ele é sustentável e ajuda a economizar na conta de energia do fim do mês. Os plafons podem ser de PVC, de alumínio ou de aço. Além disso, podem assumir diferentes tamanhos e formas, mas as mais comuns são quadradas, redondas e retangulares.

Se você quer que o equipamento fique preso à laje, opte por um plafon de sobrepor. Já os plafons de embutir se fixam ao forro de gesso. Ele pode ser utilizado como fonte de luz direta de um ambiente ou como fonte complementar.

 

Luz branca ou luz amarela?

Depende do ambiente. Ambas são muito utilizadas em iluminações residenciais. De uma maneira geral, lâmpadas amarelas, ou lâmpadas quentes, proporcionam sensação de aconchego, como se fosse um descanso para os olhos. Elas são indicadas para quartos e salas.

Já as lâmpadas brancas, ou lâmpadas frias, costumam ser indicadas para ambientes onde é preciso enxergar bem os objetos, como cozinhas e banheiros.

Só tome cuidado ao misturar luzes brancas com luzes amarelas. O mix pode até ser feito de maneira intercalada, mas o ideal é que ambientes integrados contem com a mesma cor de lâmpada.

 

Qual a diferença entre lustres e pendentes?

O lustre fica preso ao teto e costuma ter várias ramificações que se unem a estrutura central. Ele pode ser composto por metais e cristais, dependendo do estilo que você queira dar ao ambiente. De uma maneira geral, o lustre possui uma estrutura decorativa e funcional, mas também pode servir como iluminação principal.

Já o pendente conta com apenas um fio que faz a ligação da superfície com sua base. Ele é ideal para iluminar bancadas, cozinhas, mezaninos e laterais de cama. Esse produto conta com uma fonte de luz na ponta superior e pode ser encontrado nas mais variadas texturas, formatos e tamanhos.

 

Qual a melhor iluminação para a sala?

A sala de estar talvez seja um dos ambientes de maior permanência dos moradores e, por isso, pede um projeto de iluminação mais flexível, com foco em iluminação difusa.

O ideal é que as lâmpadas tenham tons mais amarelados, que proporcionam um clima mais aconchegante e intimista. Abajures podem ser posicionados em cantinhos de leitura, assim como luminárias de chão. Também vale investir em plafons de embutir, spots de luz no gesso do teto, balizadores, cordões de luz, fitas de led e arandelas.

 

Qual a melhor iluminação para banheiro e cozinha?

Banheiro: atenção redobrada para a iluminação do banheiro porque os espelhos podem refletir muita luz. Você pode utilizar um plafon de sobrepor como iluminação geral do ambiente. Bancadas e áreas próximas ao box também podem receber focos de luz.

Vale investir em sancas, que dão destaque a objetos, arandelas, que são elegantes e tradicionais, além de spots e pendentes.

Cozinha: na cozinha é preciso enxergar com precisão os alimentos e é justamente por esse motivo que é necessário escolher uma iluminação que proporcione excelente fluxo de luminosidade.

A luz direcionada em revestimentos, bancadas e gabinetes valoriza a decoração e deixa o espaço mais bonito. Spots de embutir, com lâmpadas duplas ou triplas, são excelentes opções para trazer um clima mais moderno ao local.

Também invista em pendentes com tampas ou cúpulas removíveis, e fitas de LED.

 

Iluminação exterior

Na hora de iluminar a sua área externa, é importante levar em consideração alguns fatores importantes como segurança e conforto visual. Isso porque a iluminação geral deve ser resistente a intempéries, como vento, chuva, umidade e variações de temperatura.

O tipo de lâmpada mais comum é a de LED pois possui vida útil longa e ainda economiza energia. Se você deseja iluminar jardins, os refletores são ideais. Esse tipo de luminária é instalada no chão e permite ser direcionada para pontos específicos como vasos decorativos e plantas.

Você também pode instalar sensores automáticos para iluminar pontos de entrada, como portas, janelas e portões. Corredores, garagem e escadas também merecem uma iluminação estratégica para evitar acidentes. Por isso, tartarugas e pendentes são outros itens de iluminação que podem entrar na sua lista.

ILUMINAÇÃO

Seleção de

Lustres e Pendentes

Produtos encontrados: 620 Resultado da Pesquisa por: em 6 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 620 Resultado da Pesquisa por: em 6 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar