TopBarBannerDesk
TopBarBannerMobile
Você esta em:

Carrinho

Uma boa instalação elétrica é fundamental para garantir o correto funcionamento da energia de uma casa ou estabelecimento comercial. É ela que possibilita o acender e o apagar de lâmpadas, por exemplo. Para que a luz circule pelo ambiente, cabos e fios elétricos são fundamentais. Eles têm a função de serem importantes condutores de eletricidade e pode aparecer em instalações fixas, aparentes ou embutidas.

A principal diferença entre cabos e fios elétricos está na composição e na resistência mecânica de cada um. Geralmente, eles são fabricados a partir de aço ou cobre e podem apresentar diferentes espessuras e finalidades. A espessura está relacionada à quantidade de corrente elétrica que o produto é capaz de aguentar.

De uma maneira geral, fios sólidos são utilizados em quadros elétricos e tomadas, e em instalações mais simples. Já cabos flexíveis e rígidos são versáteis e podem ser instalados em residências, indústrias e comércios.

Cabos PP, por sua vez, são seguros e apresentam alta durabilidade e proteção mecânica. Eles são formados por dois ou mais cabos e são utilizados para ligações de eletrodomésticos e aparelhos como máquinas de solda e furadeiras.

Ainda existe o cabo paralelo que é indicado para a instalação de aparelhos pequenos, como abajures. Vale lembrar que eles são separados por cores: azul (neutro, não possui tensão), verde ou amarelo (fio terra) e as outras cores representam aqueles que possuem algum tipo de carga.

Além dos cabos e fios elétricos, outro material elétrico muito importante são tomadas e interruptores que estão presentes em todos os ambientes do lar. As tomadas recebem diferentes tipos de classificações e elas se diferenciam pela quantidade de pinos e forma. Geralmente, contam com dois tipos de plugues. Já os interruptores, que têm a função de ligar e desligar o circuito elétrico fazendo as ligações dos pontos de luz, podem variar de acordo com as características do ambiente e design.

O interruptor simples conta com apenas uma tecla. O interruptor paralelo tem como função acionar a iluminação em pontos distintos. O interruptor intermediário pode ser utilizado em circuitos com três ou mais pontos diferentes. O interruptor duplo ou triplo permite que diferentes lâmpadas sejam acionadas separadamente.

O mercado ainda conta com o interruptor do tipo dimmer, o mais moderno de todos. Ele é capaz de controlar a intensidade de iluminação do ambiente e é muito utilizado em lâmpadas de LED, halógenas e dicroicas.

Falando em lâmpadas, você sabia que o funcionamento delas depende da ação de alguns acessórios como os reatores e soquetes? Os reatores possibilitam maior fluxo de luminosidade e menor consumo de energia. Já os soquetes prendem a lâmpada e transmitem energia e ela. Para facilitar a conexão entre os vários equipamentos, não deixe de ter em mãos extensões e filtros de linha.

As extensões são úteis para deslocar e multiplicar a quantidade de tomadas prologando a distância entre ela e os aparelhos a serem ligados. Os filtros de linha garantem proteção aos mais diversos aparelhos através de uma chave disjuntora que é acionada automaticamente quando ocorre sobrecarga no circuito.

Durante o processo de transmissão de energia, alguns eletrônicos podem não ser compatíveis com a carga elétrica e é justamente para isso que servem os adaptadores. Quando se fala em adaptadores, é quase impossível não falar em plugs. Esse tipo de material elétrico é essencial em qualquer instalação elétrica. Existe o plug macho, usado como extensão para ligar um aparelho que esteja longe da tomada, e existe o plug fêmea, que é instalado na tomada e tem a função de transmitir energia.

Outro dispositivo muito importante para regular a distribuição elétrica de uma residência ou estabelecimento comercial é o transformador de energia. Eles são usados para aumentar ou diminuir tensões e correntes elétricas nos circuitos e consistem em dois enrolamentos de fios envolvidos em um núcleo metálico.

Visando garantir proteção extra e mais segurança ao sistema elétrico da sua casa, disjuntores e fusíveis são fundamentais porque evitam a sobrecarga da corrente. O primeiro é projetado para atender as necessidades da indústria e o segundo geralmente é aplicado em circuitos domésticos.

Também existem tubos e eletrodutos, que protegem a fiação contra fatores externos, como agentes químicos e curtos-circuitos. Os eletrodutos, também conhecidos como conduítes, podem ser isolantes ou metálicos, além de magnéticos ou não. Existem modelos flexíveis e rígidos. O conduíte flexível é mais recomendado para áreas internas e o rígido é ideal para áreas externas.

Para deixar todo o circuito organizado, não deixe de garantir uma caixa de distribuição de energia. É neste painel que ficam os cabos do relógio de medição. O mercado também conta com outros tipos de caixas, como a caixa de entrada, responsável por monitorar o consumo de energia, e a caixa de luz, que serve como suporte para interruptores e tomadas.

A Carajás ainda oferece outros tipos de materiais elétricos, como ferramentas para eletricistasvideoporteiro e resistências elétricas.

Como Organizar fios e cabos elétricos?

Essa tarefa pode ser mais simples do que você imagina. Fios e cabos bem organizados deixam qualquer ambiente mais funcional e evitar acidentes domésticos e curto-circuitos. O primeiro passo é identificar cada cabo e verificar se todos eles são realmente necessários. Se sim, etiquete cada um a fim de saber qual é qual.

Para organizá-los, você pode utilizar encurtadores, abraçadeiras de nylon, faixas de velcro e canaletas. Também é possível esconder cabos e fios elétricos por trás de estantes ou mesas. Neste caso, para que as extensões não fiquem soltas, use grampos ou fitas adesivas. Outra opção é escondê-los nos rodapés ou em painéis de TV.

Ferramentas essenciais para eletricistas

Para atividades que lidam com energia elétrica, todo cuidado é pouco na hora de realizar reparos e manutenções não é mesmo? Por isso, para garantir um excelente serviço, é necessário estar munido das melhores ferramentas elétricas. Elas precisam atender todos os padrões de qualidade e segurança.

Mas você realmente sabe quais são as ferramentas essenciais para eletricistas? Uma delas é o alicate universal, que possui lâmina que facilita o corte de arames e também serve para prensar outros materiais. O alicate meia-cana é parecido com o universal, mas tem o bico comprido e fino, permitindo alcançar locais de difícil acesso.

A lista também inclui chave-inglesa, chave de fenda, detector de tensão, fita isolante, trena, multímetro e lanterna.

MATERIAIS ELÉTRICOS

Seleção de

Reatores e Soquetes

Produtos encontrados: 16 Resultado da Pesquisa por: em 5 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 16 Resultado da Pesquisa por: em 5 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar